O que é um Holding Familiar?

Antes mesmo de entendermos sobre o que se trata um holding familiar, é necessário compreender o que é um holding.

Popularizada com objetivos de blindagem patrimonial e planejamento sucessório, a figura do holding se torna cada vez mais comum no Brasil. E os motivos não são poucos: desde funções de gerenciamento de bens familiares, até efetivamente administrar conjuntos empresariais diversos por meio de uma estrutura central altamente eficiente, o uso do holding é benéfico em vários usos.

Apesar de que o assunto possa parecer complexo, a verdade é que a prática ser razoavelmente simples. Basta entender que não existe apenas um categoria de holding e, a partir disso, buscar as modalidades mais interessantes para cada categoria de situação.

Holding familiar

Se você se interessa ou faz parte do mundo de negócios, já ouviu falar sobre holding familiar. Mas o seu significado, vantagens e benefícios que possui para as empresas poucos sabem.

O holding familiar, nada mais é, que uma das opções mais simples e seguras para garantir que seu patrimônio seja transferido de forma segura e sem empecilhos, visto que o maior desafio de possuir patrimônio é quando chega o momento de deixa-los para os membros da família. Além disso, as questões familiares são deliciadas e podem interferir no momento da transição do negócio.

Holding patrimonial familiar

Quando falamos em holding, falamos sobre deter ou barrar alguma coisa. Ou seja, um holding familiar nada mais é que uma empresa criada para deter participações societárias, como cotistas e acionistas. Geralmente, essas empresas funcionam como sócias de negócios, onde o patrimônio é formado através de participações societárias.

Classificações das empresas

As empresas podem ser classificadas em duas formas:

·         Holding pura

Esta ocorre quando seu objetivo social tem a participação em outras sociedades como a única finalidade;

·         Holding mista

Já nesse caso, ocorre quando o seu objetivo social prevê um objetivo operacional com fins lucrativos;

No caso específico de holding familiar, a empresa tem como objetivo controlar e organizar o patrimônio de pessoas físicas que pertencem à mesma família e se tornam sócios da empresa holding.

As empresas também podem ser denominadas como holding patrimonial familiar, tendo como intuito proteger os ativos da família e planejar o gerenciamento futura dos sucessores do patrimônio.

Com a constituição da sociedade, todo o patrimônio de pessoa física ou do grupo familiar será integrado ao capital social do holding familiar, além de estabelecer o usufruto aos doadores a partir de cláusulas restritivas de inalienabilidade, impenhorabilidade, incomunicabilidade e reversão.

Vantagens do holding familiar

Dentre as inúmeras vantagens da holding familiar, as principais são a facilidade e a segurança na sucessão de negócios e de patrimônios, para que evite desavenças familiares. Outrora, podemos citar:

·         Planejamento financeiro: o holding familiar concentra todo o patrimônio da pessoa física ou da pessoa familiar em uma única empresa. O negócio é gerido de forma societária, disciplinando todos os membros para o controle de gastos e gerenciamento da empresa.

·         Planejamento tributário: este é um aproveitamento de incentivos fiscais na tributação dos bens da pessoa jurídica;

·         Perpetuação do patrimônio: protege o patrimônio dos sócios, da pessoa física e dos acionistas de situações que permitem a responsabilidade solidária em relação às empresas das quais participa;

·         Planejamento sucessório: torna a partilha de bens e a sucessão hereditária do patrimônio mais fácil e veloz.

Ter um holding é mais barato do que fazer o inventário?

Por norma, sim, pois há diferenças tributárias significativas. Além disso, é importante levar em consideração que ter um holding apresenta vantagens desde antes do momento de necessidade de um inventário, aproveitada por bastante tempo antes que seja necessário levar este assunto em consideração.

Abrir um holding familiar é benéfica e vale a pena para uma família quando a mesma possui muitos bens e patrimônios. A manutenção de uma holding familiar é mais barata do que a sua própria abertura, apesar dos imóveis e outros bens tornarem o valor mais caro.

O holding familiar se tornou tendência entre as famílias que possuem muitos bens e desejam organizá-los. E para abrir um holding familiar é necessário contar com uma assistência jurídica, visto que diversos trâmites precisam ser realizados na abertura dessa empresa, para a associação dos familiares e para a divisão dos bens.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.