Salário de medicina: veja quanto ganha um médico no Brasil!

Você já deve ter ouvido falar que o salário de medicina é um dos melhores do mercado, não é mesmo? Embora isso não seja uma inverdade, é preciso entender um pouco mais sobre o assunto e os fatores que influenciam na remuneração do médico.

Dizer que todo médico ganha muito é um mito. Aliás, isso pode gerar uma falsa expectativa no acadêmico, que enfrentará uma realidade um pouco diferente depois de se formar. 

A verdade é que todo médico precisa investir em sua carreira. Por isso, a procura por especializações e capacitações específicas, como os cursos de cannabis medicinal estão em alta. E você, quer saber quanto ganha um médico no Brasil? Leia o post para saber isso e muito mais!

Qual o salário de medicina?

A primeira informação importante sobre o assunto é que não existe um piso salarial formal para a carreira de medicina. Há apenas uma recomendação da Federação Nacional dos Médicos que a remuneração seja de pouco mais de R$14 mil para 20 horas de trabalho semanais.

Ocorre que esse é um parâmetro e, na prática, nem sempre se concretiza. Um levantamento do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) concluiu que essa é uma das profissões com as melhores remunerações do mercado. Porém, a média nacional para um clínico geral não chega a R$10 mil.

No Guia de Profissões e Salários, a remuneração fica abaixo desse valor. O médico sem especialização tem uma média salarial de pouco mais de R$7 mil.

Quais fatores influenciam na remuneração de um médico?

Considerando a faixa salarial de diversas profissões, podemos dizer que o médico recebe bem no Brasil. Porém, esse valor oscila muito e pode não corresponder às expectativas de quem está se formando.

Sendo assim, é imprescindível que você entenda o que pode influenciar no valor do seu salário, isto é, nos fatores que elevam a remuneração do profissional de medicina. Veja!

Nível de especialização

Sem dúvidas, um dos grandes fatores que garantem uma melhor remuneração é o nível de especialização. Afinal, essa é uma realidade em todas as profissões e não seria diferente na medicina.

Formar-se e já começar a trabalhar não é errado, mas é preciso ter consciência de que essa decisão implica em um salário menor. Na prática, médicos especialistas ganham mais e isso é totalmente justificado pelo maior conhecimento e tempo de dedicação aos estudos.

Nesse sentido, é importante destacar que não é apenas a residência médica que impacta seu salário. A realização de cursos complementarese a participação em seminários e eventos médicos de atualização demonstram sua preocupação em ser um profissional de excelência.

Região do país

A região do país em que você atuará influencia muito no valor da sua remuneração. A justificativa para isso está em alguns fatores importantes e que precisam estar claros para todo profissional que busca maiores salários.

Na prática, o norte e o nordeste do país oferecem remunerações maiores para atrair mais profissionais. Essas regiões têm uma escassez de médicos e nem sempre contam com uma boa infraestrutura hospitalar.

O mesmo ocorre com cidades do interior, inclusive de estados mais desenvolvidos. É possível perceber que quanto menor e menos desenvolvido o município, maior é a remuneração do médico. No entanto, é comum assumir diversas responsabilidades e ter uma carga de trabalho elevada.

Tipo de atuação

Você pretende atender em uma clínica particular, em postos de saúde, em unidades de pronto atendimento ou em hospitais? Essa é uma decisão que, também, afetará o seu salário no fim do mês.

Existem médicos que se dedicam aos plantões em hospitais e recebem diárias. Eles podem ganhar bem, mas têm uma rotina de trabalho intensa e estressante. Outros preferem montar um consultório e atender seus pacientes de acordo com a agenda que disponibilizam.

Seja qual for a sua decisão, saiba que todos os caminhos apresentam pontos positivos e negativos. Entender o que está de acordo com o seu perfil e o que te proporcionará uma boa remuneração é essencial para sua carreira.

Como o médico pode se destacar e conseguir melhores remunerações?

Como vimos, o salário do médico realmente está acima da média nacional para a maioria das profissões. Entretanto, isso é justificado pela complexidade e responsabilidade que ele tem em mãos e, claro, pelo tempo de estudo.

Se você está prestes a se formar ou é um recém-formado, pode estar começando a entender como funciona o mercado de trabalho. Então, é hora de investir na sua carreira e se tornar um profissional de sucesso. Veja algumas dicas!

Cuide da sua imagem pessoal

Cuidar da imagem pessoal é algo que se aplica a todos, mas gostaríamos de destacar o quanto isso é importante na medicina. Afinal, o médico precisa ser visto como alguém responsável, ético e de confiança.

Se você não adota uma postura compatível com essa expectativa do paciente pode ter sua credibilidade afetada. Nesse caso, tudo pode contar a seu favor (ou contra): sua forma de se vestir, de falar e de expor suas ideias.

Especialize-se

Se você quer construir uma carreira de sucesso precisa pensar em uma especialização. Mesmo sendo muito importante, o clínico geral tem uma remuneração inferior à de um especialista e pode ter cargas de trabalho mais elevadas.

Estude o mercado, observe tendências e encontre algo que esteja de acordo com o seu perfil. Feito isso, vá em busca de residências médicas, pós-graduações e cursos extras.

Tenha um perfil ativo e interessante nas redes sociais

Vivemos na era digital e isso mudou a maneira com que nos relacionamos. Talvez você ainda não saiba, mas o brasileiro é recordista de tempo nas redes sociais. Isso significa que você pode aproveitar este mundo para impulsionar sua carreira.

Tenha um perfil ativo e interessante, compartilhando dicas e o dia a dia da profissão. Pessoas se conectam com pessoas e isso fará toda a diferença para sua imagem no mercado.

Conclusão

Este post foi criado com o intuito de apresentar o salário de medicina, mas fez muito mais do que isso. Conforme demonstrado, ganhar bem é muito relativo e, na área médica, está relacionado a muitos fatores.

Agora que você já sabe de tudo isso, procure pensar no destino que dará à sua carreira e se esforce para ser um profissional qualificado e que faz a diferença na vida dos seus pacientes. Sem dúvidas, a boa remuneração será uma consequência natural de toda a sua dedicação.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.